IDA FELDMAN

já nasceu meio artista. É filha do cineasta underground Aron Feldman. Participou de coletâneas de poesias, concursos fotográficos e vídeos de arte. Ganhou uma câmera de filmar em VHS e fez seus primeiros vídeos, incluindo quase todas as festas do extinto Clube Massivo (balada dos anos 90, em São Paulo). Foi hostess da primeira casa noturna disco club de São Paulo, a Nation Disco Club (1987-1991). Já teve banda de música, em SP e em Belo Horizonte. A banda se chamava Ida e os Voltas e o guitarrista era o multi-instrumentista Bruno Verner da banda Tetine. Começou com o trabalho de colagem em 1993, quando aprendeu a usar o Photoshop e fez uma expo em BH, depois umas colagens com recortes manuais e expos em Curitiba. Fez arte-xerox do Boneco Topo Gigio e expôs em vários lugares de SP. Participou com performances nas pré-aberturas de SESCs, no Mundão e Babel, fez um vídeo depois da sua festa de 30 anos, chamado Pica de Borracha, que está no arquivo permanente do Vídeo Brasil.

 

link para biografia e textos críticos

 

 

 

 

Bichos bichas

marcador sobre azulejo,

15x15cm, 2017

Sem título, colagem digital, impressão jato de tinta,

30x45cm, 2017

 

Sem título, colagem digital, impressão jato de tinta,

30x45cm, 2017

Como teria sido

marcador sobre azulejo,

15x15cm, 2017

 

 

 

 

 

Acima do peso

marcador sobre azulejo,

15x15cm, 2017

 

 

3 Frases

marcador sobre azulejo,

15x15cm, 2017

 

 

 

Boneco Nelsinho

impressão digital,

45x30cm, 2017